Colágeno: o que é e para que serve

Colágeno: o que é e para que serve

Existem no corpo humano pelo menos 18 diferentes tipos de colágeno, específicas para desempenhar sua função em determinados tipos de células. O colágeno é usado em diversos seguimentos da indústria, farmacêutica, alimentícia e também vastamente usado por atletas de diversos seguimentos de treinamentos.
O Colágeno é uma proteína (compostos formados por compostos menores, os aminoácidos). A sua principal função é estrutural, ou seja, de sustentação das células, fazendo com que elas se mantenham unidas, por esse motivo, é também a principal proteína de órgãos, como pele, ossos, cartilagens, ligamentos, vasos sanguíneos, tendões e responsável pela cicatrização e/ou regeneração em caso de corte ou cirurgia, e acredita-se que é também sua falta é um dos responsáveis pelo envelhecimento humano.
Cada vez mais escutamos empresas de cosméticos, lançando cremes faciais à base de colágeno retirado principalmente dos bovinos, e é justamente para prevenir o envelhecimento. Existem dois meios de obtenção de colágeno: sintetizado endógenamente (ou seja, produzido pelo próprio organismo) e ingerido via suplementação ou alimentação.
O colágeno é reposto em nosso organismo por meio da alimentação equilibrada. Os alimentos de origem animal, tais como as carnes (principalmente as vermelhas), ovos, frango e peixes, são excelentes fontes de proteínas, incluindo o colágeno. Quando o colágeno é sintetizado endógenamente, há uma complexa série de eventos, alguns dentro e outros fora da célula. A vitamina C e os aminoácidos prolina e a lisina formam uma molécula precursora chamada prócolágeno, que mais tarde torna–se colágeno fora da célula. Se não houver vitamina C a formação do colágeno é interrompida. Além da Vitamina C, participam do processo de formação do colágeno: Vitamina E, piridoxina, betacaroteno, ácido pantotênico e biotina, além dos minerais manganês, selênio, cromo, cobre, zinco e silício. Já o colágeno ingerido via alimentação ou suplementação fornece substratos (o que o corpo humano necessita para produção endógena).
A partir dos 25 anos aproximadamente (esta idade varia de acordo com aspectos genéticos e ambientais), passamos a sofrer uma perda de colágeno por volta de 1% ao ano. Estima-sese que aos 50 anos, o organismo passa a produzir apenas cerca de 30% do colágeno necessário para os órgãos de sustentação. Ou seja, não há uma produção/reposição adequada do colágeno no organismo. Esta é apontada como uma das principais causas dos sinais do envelhecimento, uma vez que com a diminuição do colágeno os músculos ficam flácidos, a densidade dos ossos diminui, as articulações e ligamentos perdem sua elasticidade e força, e a cartilagem que envolve as articulações fica frágil e porosa. A deficiência de colágeno está também associada com a diminuição da espessura do fio capilar e com a desidratação e perda de elasticidade da pele, culminando em flacidez e no aparecimento de estrias, celulites e rugas.
Por esse motivo indica-se uma suplementação preventiva na faixa etária de 25 anos, onde começam ocorrer às perdas, para fins de retardo dos sinais de envelhecimento e demais complicações devido à deficiência de colágeno.
Você encontra variedades de Colágeno Aqui : 
http://www.musculosnaweb.com.br/suplementos/proteinas/colageno.html?utm_source=Mailing+MNW&utm_campaign=69adfd2796-Bem_vindo&utm_medium=email&utm_term=0_fb185d47ba-69adfd2796-73258649&goal=0_fb185d47ba-69adfd2796-73258649&mc_cid=69adfd2796&mc_eid=40f108beca

Um Beijo e até mais ♥

Um comentário:

  1. Importante minha linda essa postagem.

    bjokas no coração =)

    ResponderExcluir